quinta-feira, 22 de dezembro de 2016


Boas Festas e um ano de 2017 cheio da presença de Deus!


"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim."
João 14:6

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Bolo de farinha de cevada e cacau

Além da mousse de dióspiro e coco que o meu marido fez, eu fiz um bolinho de farinha de cevada e cacau. A receita usada é daqui:

Fiz algumas adaptações no entanto. Usei:
- 2 chávenas de farinha de cevada (em vez de 1+1/2), 
- cerca de 200g de pasta de tâmaras (tâmaras moídas num processador ate virar uma pasta) em vez de açucar, 
- 1/2 colher de chá de sal marinho não refinado,
- 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
- 1/4 caneca de cacau puro em pó (não é chocolate em pó),
- 1 colher de chá de extrato de baunilha,
- cerca de 1/3 de chávena de azeite (ou óleo de coco que fica muito bom),
- 1 colher de sopa de vinagre de cidra (que reage com o bicarbonato de sódio para fazer a função do fermento e dos ovos),
-1 a 2 chávenas de água fria.

Juntei os ingredientes todos e mexi apenas o suficiente para envolver tudo. Não se deve misturar demais, senão a reacção do vinagre com o bicarbonato de sódio pode ser prejudicada.

O meu marido untou uma forma redonda em pirex (com um alto no meio) com azeite e farinha de aveia (muitas vezes untamos as formas com óleo de coco que é mais fácil porque é mais sólido).

Depois despejei a mistura e levei ao forno pré-aquecido a 180ºC. Na receita original, aconselha-se a verficar o bolo ao fim de 15 minutos. Deixei estar outros 5 minutos e como ainda não estava bem cozdio, deixei outros 10 minutos. Ao fim dos 40 minutos, o palito saiu limpo.

Para fazer o glacé, o meu marido usou natas de coco com chantili da BioVegan. Esta é daquelas poucas receitas onde um bolo sem fermento, nem ovos fica fofinho!


"[...] e o seu fruto servirá de comida e a sua folha de remédio."
Ezequial 47:12

Mousse de dióspiro de coco

Neste fim-de-semana o meu marido fez uma sobremesa que adoramos lá em casa. A receita é da Anabela Correia:

Nesta época temos bastantes dióspiros de dois dióspireiros no quintal. Os dióspiros não se aguentam muito tempo, e mesmo dando a familiares e vizinhos muitos estragavam-se todos os anos. No ano passado, uma senhora que tem uma restaurante vegetariano em Espinho, revelou-nos que dá para congelar disópiros. Oh que maravilha!

Não é que funciona mesmo! E o mais maravilhoso é que são óptimos para fazer smoothies, e não alteram de sabor. Continuam docinhos mesmo depois de congelar. E foi o que usamos na mousse: dióspiros congelados!

Para decorar usamos fatias de dióspiro maçã, canela, lascas de coco e coco ralado.


sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Leque miniatura em croché

Fiz esse leque miniatura em croché. Depois com o ferro de passar quente, vinquei o leque.
Costurei uma rosinha de fita na parte de baixo do leque.

A receita que eu usei foi daqui:



quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Pulseira de contas de vidro

Tutorial passo-a-passo a ensinar como fazer essa pulseira de contas de vidro, bem linda e delicada:


terça-feira, 22 de novembro de 2016

Caminho de mesa em croché

Caminho de mesa florido no site da Círculo, com receita e gráfico:


sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Naperon lindo

Um naperon original e bem lindo, com gráfico em:

Eu faria talvez em branco ou ecru.


Toalha em croché

Que bela toalha em croché com gráfico:
https://crochet101.blogspot.pt/2016/09/rose-crochet-tablecloth.html

Pelo gráfico dá para perceber que a toalha é feita em filas que depois são unidas.
Quem sabe um dia eu ganho coragem e faço também.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Bolsa em croché

Fiz esta bolsa em croché com lãs da Red Heart. Pela primeira vez, usei o ponto entrelac (croché tunisiano), que é muito agradável de fazer. Sempre temi o croché tunisiano, porque associo ao tricô, e não tenho grande jeito para tricô. Este projecto mostrou-me que, pelo menos o ponto entrelac, é uma maravilha de trabalhar.

A receita que segui foi daqui: entrelac bag. Mas existem imensos vídeos na net a ensinar este ponto, tanto para o croché como para o tricô.


Entre as lãs Red Heart que estavam disponíveis na altura, escolhi estas três que adoro e que me fazem lembrar gelado napolitano. A bolsa ficou do tamanho ideal conforme a receita, mas a alça tive de a aumentar pois queira que desse para usar a tiracolo.

Nota: com este ponto, não há necessidade de forrar o interior, embora se o desejar pode fazê-lo. Contudo, eu deixei sem forrar.

Marcador de páginas

Fiz este marcador de páginas com flores secas. As flores que usei foram pétalas de Buganvilla e pétalas de hortênsia que sequei entre as páginas de uma agenda.

Cortei um bocado de cartão cor-de-salmão e acetato do mesmo tamanho. Posicionei as pétalas secas no cartão. Depois colei-as ao cartão com um pouco de cola roller. Com a mesma cola, colei as bordas do acetato ao cartão.

Com sobras de renda, cortei-as à medida e colei-as ao acetato com fita cola dupla face. Finalizei com tiras laterais autocolantes de cor dourada.

O projecto Pressed Flowers serviu de inspiração. Mais projectos em Craft Creations.


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Caminho de mesa em croché

Fiz este caminho de mesa em croché de filé.



quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Conjunto de casa de banho

Deixo-vos a receita de um lindo conjunto de casa de banho em croché:


quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Tapete em croché de filé

Belíssimo tapete em croché de filé:

Deve ficar magnífico como toalhinha em linha fina.

Padeirinha em croché

Deixo aqui a receita da Padeirinha Lily em croché:
https://s3.amazonaws.com/spinrite/pdf/WEB-L-SUGARNCREAM-BakerLily.pdf

Um verdadeiro mimo!


segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Bordado e recomendações DMC

Deixo aqui um esquema de ponto cruz no site da DMC:


Contudo deixo aqui também algo mais importante -- as recomendações da DMC no que refere a bordado de ponto-cruz: Para começar a bordar este projeto, deve deixar um pouco de fio nos primeiros pontos do bordado, no avesso do trabalho. Nunca faça nós. Para mudar de cor ou terminar o bordado, faça deslizar a sua agulha por dentro dos últimos pontos de cruz realizados (no avesso) e depois corte o fio.

Isto é para acabar com o mito controverso do avesso perfeito! Aqui há uns bons tempos atrás, havia muita discussão sobre o avesso perfeito a ponto de repudiarem as pessoas que rematavam por trás. Eu sempre aprendi a rematar por trás e NUNCA pela frente pois ESTRAGA o trabalho! Contudo fui fazendo as minhas experiencias com o avesso perfeito, que funciona muito bem em esquemas simples e destrói a frente em trabalhos mais complexos. 

Deixei de fazer avesso perfeito por essa razão e fui encontrando imensas recomendações de pessoas experientes em trabalhos grandes e complicados como trabalhos de Mirabilia, a aconselharem não fazer avesso perfeito, pois pode arruinar um trabalho.

Conflito resolvido!

sábado, 15 de outubro de 2016

Centro de mesa em croché

Depois de ver esta receita no site da Círculo:
lembrei-me logo da lã fofa colorida que tinha. Então adaptei a receita para fazer esse centro de mesa.


Mousse de cacau e batata-doce

Fiz este mousse de cacau com batata-doce. A receita foi inspirada saqui:

Assei batata-doce no forno até ficar macia o suficiente de se espetar com um garfo. 
Depois com uma colher tirei o interior e coloquei na liquificador. 
Como a batata-doce não era muito doce, adicionei uma banana.
Adicionei uma pitada de sal marinho não-refinado e cacau em pó. 
Juntei ainda pepitas de cacau, lascas de coco desidratado e um pouco de leite de espelta para ajudar a misturar na liquificadora.
Bate-se tudo até ficar cremoso. 
Separa-se para taças e decora-se com pepitas de cacau e morangos.
Leva-se ao frigorífico até servir.


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Capa de almofada em croché

Fiz esta capa de almofada em croché com lã fina. 

Improvisei o ponto pois queria que tivesse dois andamentos. 

1ª carr: Comecei com uma correntinha de 23. Depois fiz ao longo dessas malhas, 12 paus altos, 10 paus cruzados e 1 pau alto. 
2ª-5ª carr: Continuei até ter 5 carreiras. 
6ª carr: Depois na sexta carreira troquei a ordem. Onde estavam a sequência de paus altos, fiz paus cruzados e vice-versa. 
7ª-10 carr: De novo continuei até ter 5 carreiras, ou seja, 10 carreiras no total.

Depois virei o trabalho 90º e trabalhando ao longo das bordas das carreiras continuei na lógica anterior: repetir 1ª-10ª carr. E assim sucessivamente.


terça-feira, 4 de outubro de 2016

Trilho de mesa em croché

Lindo trilho de mesa em croché com gráfico aqui:


segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Tamanhos das agulhas de croché

Existem diversos tamanhos para as agulhas de croché. Normalmente nas receitas em inglês, não vem especificado o tamanho em milimetros, mas sim apenas o número ou letra da agulha.

Eis a carta de conversão (para receitas americanas):

letra   número   mm
  B       1      2.25
  C       2      2.75
  D       3      3.25
  E       4      3.5
  F       5      3.75
  G       6      4.0
  H       8      5.0
  I       9      5.5
  J      10      6.0

Nota: pode haver variações consoante a receita seja americana, britânica ou canadiana.

Bolsas em croché

Fiz estas bolsas em croché.

Esta é mais pequena e mais delicada, feita com vários quadrados. 
A receita está aqui:


Já esta é maior e é feito cada lado de uma vez.
A receita está aqui:
https://www.redheart.com/files/patterns/pdf/WR1803.pdf


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Naperon cesto com flores

Fiz esse naperon em croché de filé: um cesto decorado com flores em croché e fita bege.


Centro de mesa colorido

Fiz esse centro de mesa em croché, bem colorido.

Eu tirei a recita daqui:


terça-feira, 6 de setembro de 2016

Almôndegas de feijão

Mais uma vez, tivemos almôndegas de feijão para o almoço.

Cozi o feijão em água sem sal até ficar bem tenrinho. Num processador coloquei o feijão cozido, uma colher de sopa de miso de cevada (por isso não pus sal na cozedura), um punhado de cebolo cortado aos bocados e uma cebola roxa cortada em cubos. Juntei ainda vinagre de cidra e azeite. Misturei tudo no processador até ficar uma pasta. Depois moldei os bolinhos e por cima polvilhei com alho em pó.

Servi com salada (alface, tomate, pimento e cebola roxa), sementes de cãnhamo, alga nori em flocos e couve roxa em pickle.


Pickle de couve roxa

Estes dias decidi fazer pickle de couve roxa.

Corta-se uma cabeça pequena de couva roxa finamente. 
Coloca-se a couve dentro de um frasco de vidro com tampa. 
Mistura-se 1 colher de cha de mostrada Dijon e 2 colheres de sopa de flor de sal em vinagre de cidra. Verte-se a mistura por cima de couve roxa. 
Enche-se o frasco com vinagre de cidra até cima e tapa-se com a tampa. 
Deixa-se no frigorífico de um dia para outro.

Aguenta-se cerca de 15 dias no frigorífico.


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Naperon para armário

Fiz este naperon ou caminho para o armário da sala. Começa-se por trabalhar a barra de abacaxis. Depois a partir da barra trabalha-se carreiras de ponto leque.


Trilho com rosas

Fiz este trilho em croché com rosinhas costuradas em cada centro.

A receita de cada centrinho eu tirei daqui:

Bem fácil e rápido de fazer.


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Centro de mesa

Belíssimo centro de mesa no site da Drops:

A receita está em inglês.


quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Conjunto de rolo

Fiz este conjunto de suporte de rolo de papel em croché. Usei duas linhas mais finas unidas para as flores, e linha 6 ecru escuro para o resto.



segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Trilho de mesa

Fiz esse trilho de mesa no improviso.

Primeiro bordei os três quadrados em tecido Aida. O gráfico que eu usei foi tirado daqui:
Apenas usei parte do gráfico - usei a flor mais à esquerda.

Depois uni os quadrados usando croché. Fiz malhas baixas no caseado e depois correntes de 3 na volta a seguir. A partir daí fiz mais duas voltas com ponto leque simples (pau alto, corrente de 2, pau alto).

Adicionei um quadrado granny em cada ponta e uni usando o mesmo padrão. Depois fiz ponto fechado (3 paus altos) em toda a volta. Na volta a seguir, usei correntes de 5 e na penúltima volta usei de novo o ponto leque simples. Finalizei com picô.


sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Cobertura para rolo

Fiz esta cobertura para rolo de papel higiénico para enfeitar o armário da casa de banho. Usei lã brilhante dourada com detalhes em lã branca mais fina.


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Ponto em croché

Ponto alternado em croché com vídeos e gráficos e instruções em espanhol:


Tapete em croché

Belo tapete em croché no site da Círculo:


terça-feira, 26 de julho de 2016

Naperon delicado

Esse naperon bem delicado está em:

A receita está em inglês.


sexta-feira, 22 de julho de 2016

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Pega de cozinha

Fiz mais uma pega de cozinha em forma de cestinha.
A receita que eu segui estava em inglês, mas a Pink Rose Crochet tem a receita em português:
http://pinkrosecrochet.blogspot.pt/2009/09/pega-panelas-cestinha-de-croche-basket.html

Toalha de mesa em croché

Finalmente terminei esta toalha de mesa. É um padrão fácil e agradavel de fazer. Fiz com tons ecru claro e escuro em branco.

A receita eu tirei daqui:
https://crochetartblog.blogspot.pt/2013/10/crochet-tablecloth-pattern-beautiful.html
Gráfico:
https://3.bp.blogspot.com/-SDVMeRyK5ds/UmZ2wSe_WKI/AAAAAAAAGAk/4dSRxKKDuH8/s1600/Crochet-Tablecloth-pattern-heklet+duk+12+(2).jpg

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Centro de mesa em croché

Fiz este centro de mesa em croché que ficou bem delicado.

A receita eu tirei do site da Coats Portugal:


quinta-feira, 7 de julho de 2016

Naperons

Fiz um trio de naperons em tons rosa. Eis um exemplar.
Usei rosa seco no centro e rosa bébé na orla.
A receita eu tirei de uma revista de croché antiga que eu tenho: Diana Trabalhos Criativos croché de filé, No 21, pgs 13-14.


Podem ver o gráfico aqui:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/57/7a/36/577a36902fb501836f36a73ec814e2be.jpg

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Outra pega em croché

Outra pega do mesmo género da anterior, mas agora com barrinha e flor em rosa matizado.