segunda-feira, 6 de março de 2017

A história de um quadro

Sabem quando vamos guardando rendinhas, tiras de cartão, florzinhas de papel que foram guardadas doutros projectos, pétalas secas e por aí assim... até porque podem vir a dar jeito um dia? Pois é.

E quando chega o dia da inspiração, mas não queremos estar a fazer florzinhas e tal... só queremos mesmo é compôr um quadro... com o que temos? E temos um quadro vazio atirado para um canto numa caixa à espera que se lembrem dele? 

É nesse dia que vamos remexer nos tesourinhos guardados e não é que vieram mesmo a fazer jeito nesse dia :) Oh, se tivessemos guardado aquelas coisas que pensámos na altura; hum, isto não vai fazer falta. Pois é, nesse dia fazem falta! 

E lembramo-nos daquela folha decorativa guardada no monte de papel, daquele círculo de cartão que tantas vezes viu-se ameaçado de ser "arquivado" no caixote de lixo, das tiras de rendas guardadas em frascos de vidro, das miniaturas em papel feitas com amor e guardadas indefinidamente num caixinha de cotonetes vazia, da joaninha de madeira que veio de algum mercado bio... e de repente a mesa de trabalho desaparece debaixo dos tesourinhos. E vamos compondo o quadro no espaço entre duas mesas com as pernas a servirem de recipiente para miniaturas que escapam...



E finalmente pensámos: Oh, até nem ficou mal :) Acho que gosto bastante na verdade! E contentámo-nos com o quadro tão diligentemente montado.

Olhámos para os tesourinhos na suposta mesa que não se vê e bate uma dor no estômago. Tenho de voltar a arrumar as miniaturas todas outra vez, as rendinhas, os papeizinhos... e pensámos: hum, isto não vai fazer falta... posso "arquivar" metade disto no caixote de lixo! Oh, que rápido seria a arrumação... aí lembramo-nos: hum, é melhor guardar tudo de novo, pois pode vir a dar jeito um dia!

2 comentários:

Catarina H. disse...

Ficou lindo, Bella! Ainda bem que não "arquivaste" esses tesouros no lixo, pois o resultado foi amoroso.
Eu também tenho uma certa tendência para guardar rendinhas, missangas, botões e outros tesouros. E a verdade é que acabam por dar jeito a enfeitar alguma coisa, por isso continua a guardar esses materiais, que lixo já há que chegue e tu consegues transformá-los em coisas lindas :)
Beijinhos

Mona Lisa disse...

Ficou magnífico!
Tão Primaveril!

Beijinhos.